EN | EtherCAT Terminals: The fast all-in-one system

Oppent – Mobile Robots for any kind of need

VÍDEOS DESTACADOS

Skip to main content

A natureza de baixa manutenção e o aspeto atrativo do aço inoxidável, juntamente com as suas propriedades exclusivas, fazem deste material uma escolha forte para utilização em inúmeras aplicações de engenharia. Marcus Schneck, CEO da norelem, explica as vantagens do aço inoxidável e apresenta diferentes aplicações em que é possível utilizar componentes deste material.

Solidez, resistência à corrosão e propriedades higiénicas são qualidades desejáveis quando se trata de escolher componentes normalizados. Quando os engenheiros enfrentam os efeitos da corrosão, isso pode resultar em atrasos, ambientes de trabalho inseguros e custos com manutenção a longo prazo.

De acordo com a norma europeia EN 10088 (Organismo inglês de normalização, 1995), o aço inoxidável é um aço de baixo carbono com um teor mínimo de crómio de 10% e um mínimo de 1,2% de carbono por peso. Um teor mais elevado de crómio, bem como a adição de outros elementos como molibdénio, níquel e nitrogénio, melhora a resistência à corrosão e outras propriedades úteis do aço, tais como componentes normalizados.

A popularidade do aço – previsão de crescimento do aço inoxidável no mercado

Prevê-se que o mercado global do aço inoxidável atinja um valor de 163,5 milhões de dólares até 2027. A resistência ao corte do aço inoxidável é uma das principais razões para a sua popularidade. O aço inoxidável também é uma escolha muito comum devido ao seu estética, que pode ser alterada com diversos tratamentos de superfície, e o facto de também poder ser polido também aumenta o seu valor estético. Também tem uma vida útil longa e é 100% reciclável. Até é usado para fazer talheres!

No entanto, o aço inoxidável não é todo igual – existem grandes diferenças entre as várias qualidades. Para aplicações em que é necessária resistência à corrosão extremamente elevada, devem ser usados produtos feitos de aço inoxidável austenítico 1.4404 (AISI 316L, V4A, A4L).

Existem cerca de 150 qualidades de aço inoxidável, sendo que 15 delas são regularmente usadas em aplicações comuns. Disponível e diversas formas e tamanhos, o aço inoxidável é comummente utilizado para aplicações industriais e residenciais, incluindo placas, bobinas, barras, chapas e tubos. Também é utilizado em várias indústrias, incluindo construção, automóvel, entre outras. Trata-se simplesmente da escolha mais eficaz e mais eficiente para muitas aplicações.

As vantagens do aço inoxidável e os motivos para a sua popularidade

Em comparação com os aços-carbono e o alumínio, o aço inoxidável é mais difícil de processar e mais caro, no entanto, na maioria das vezes, as inúmeras vantagens mencionadas anteriormente superam o custo mais elevado.

Quem não está familiarizado com o aço inoxidável rapidamente fica perplexo com os vários tipos e qualidades disponíveis, sendo fundamental escolher o mais adequado para garantir um design satisfatório que possa ser produzido a um custo justo e rentável.

Os engenheiros que pretendam tirar o máximo partido do aço inoxidável devem considerar todos os aspetos do design, tal como fazem com qualquer outro material. Por exemplo, é necessário considerar cuidadosamente os métodos de moldagem e junção para garantir a produção do design ideal.

O aço inoxidável esteriliza e reforça

Nos últimos anos e meses, as tendências na indústria dos cuidados de saúde no que se refere aos materiais têm vindo a evoluir cada vez mais para o aço inoxidável, mas os produtos especiais para aplicações higiénicas são também cada vez mais procurados. O aço inoxidável é usado com sucesso há muito tempo nas mais exigentes aplicações médicas, como implantes e instrumentos cirúrgicos, que exigem condições extremamente estéreis.

O aço inoxidável tem um historial comprovado de eficácia em locais onde a higiene e a facilidade de limpeza são essenciais. O aço inoxidável é fácil de limpar, o que faz com que seja a escolha preferida para ambientes higiénicos como hospitais, restaurantes e cozinhas públicas. Consequentemente, oferecer componentes normalizados em aço inoxidável é uma estratégia infalível para garantir a produção dos produtos mais seguros.

Algumas indústrias que utilizam amplamente o aço inoxidável são: alimentação e restauração, química e farmacêutica, fabrico de equipamento médico, arquitetura e construção e fabrico automóvel.

Perceção da indústria

Para aplicações onde devem ser garantidas estabilidade e resistência à corrosão elevadas, a norelem fornece uma vasta gama de componentes normalizados de aço inoxidável. Com a necessidade de componentes duradouros e seguros em muitas indústrias, os componentes de aço inoxidável da norelem apresentam a mais alta qualidade.

Devido a determinadas características de desempenho, a norelem utiliza aço inoxidável da qualidade 1.4301 (AISI 304, V2A) ou 1.4305 (AISI 303) para um grande número dos seus componentes normalizados. Para aplicações com exigências muito elevadas, a norelem tem também produtos de aço inoxidável feitos de 1.4404 (AISI 316L, V4A, A4L) na sua gama. Devido às suas propriedades higiénicas, os produtos em aço inoxidável 1.4404 destinam-se especificamente às indústrias alimentar, farmacêutica, química e de embalamento.

Com uma gama de componentes cada vez maior, a norelem fornece vários componentes em aço inoxidável, como parafusos, porcas e anilhas, posicionadores com mola, êmbolos de mola, pinos de retenção e pegas, para conectores para tubos, pés ajustáveis e mesmo unidades lineares.

Por exemplo, as peças de trabalho são tipicamente fixadas com posicionadores com mola e podem ser utilizadas como auxiliar de posicionamento, mecanismo de bloqueio ou mecanismo de fixação. A engenharia mecânica, a engenharia industrial, a produção de componentes eletrónicos e a indústria automóvel utilizam todas posicionadores com mola.

Para aplicações em que os posicionadores com mola são sujeitos a exigências rigorosas, como utilização no exterior ou tecnologia médica, a norelem dispõe de vários posicionadores com mola feitos de materiais resistentes à corrosão, tais como o aço inoxidável.

O aço inoxidável é um dos materiais mais produzidos na terra, desde talheres, utensílios de cozinha, garrafas de água a equipamento cirúrgico, infraestruturas de edifícios e tanques de reatores, o aço inoxidável é uma inovação impressionante.

No que diz respeito aos materiais a nível mundial, o aço inoxidável é um dos materiais mais sustentáveis e amigos do ambiente. Com benefícios que incluem a resistência à corrosão, durabilidade, baixa manutenção e propriedades higiénicas, não é surpresa que os engenheiros favoreçam os componentes de aço inoxidável para o design de máquinas ou produtos.

www.norelem.pt